是否要刪除最近所有搜尋紀錄?

所有最近的搜尋紀錄都會遭到刪除

全螢幕觀看

Van da policia das filipinas atropela protestadores na embaixada dos EUA.

TomoNews BR
TomoNews BR
3年前|3 次觀看
MANILA, FILIPINAS — Polícia atropela brutalmente manifestantes fora da embaixada dos EUA em Manila.

Um comício em Manila virou mortal na quarta-feira depois que uma caminhonete da polícia bateu e quase matou dezenas de manifestantes.

Mais de mil pessoas na sua maioria indígenas e mouros estavam fora da embaixada dos EUA na quarta-feira para protestar contra a presença militar dos EUA no país.

Quando o comício estava prestes a terminar, Marcelino Pedrozo, comandante terrestre do Distrito Policial de Manila, chegou e ordenou uma dispersão violenta.

Ele foi gravado em vídeo gritando com seus homens por não lutarem, fazendo com que eles perdessem contato com a embaixada.

Depois que a polícia anti-motim jogou gás lacrimogêneo para parar os ativistas, um oficial decidiu que seria mais fácil simplesmente passar por cima deles.

Vídeos do local mostram a van dirigindo furiosamente de um lado para o outro, atropelando repetidamente muitos ativistas.

Três foram gravemente feridos, enquanto outros 10 foram levados para o hospital.

Pedrozo mais tarde defendeu o motorista, alegando que ele não tinha a intenção de atropelar ninguém, e estava apenas tentando tirar o veículo da briga. Porra, imagine se tivesse a intenção.

Felizmente, ninguém engoliu essa baboseira. Pedrozo, o motorista da van e sete outros desde então foram afastados de seus postos.

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, que atualmente está se esfacelando com a China, prometeu investigar o incidente.

瀏覽更多影片