Promotoria quer pena de morte para 'maníaco de Cleveland'

afp portugues
597
101 visualizações
  • Informações
  • Exportar
  • Adicionar a
O promotor americano Timothy McGinty acusou nesta quinta-feira o "maníaco de Cleveland", Ariel Castro, já indiciado pelo rapto de três mulheres, de forçá-las a abortar e alertou que poderá buscar uma condenação à pena de morte.

0 comentários