Missionário diz que prisão não teve a ver com o papa

afp portugues
552
22 visualizações
  • Informações
  • Exportar
  • Adicionar a
O papa Francisco não denunciou os dois jesuítas sequestrados e torturados durante a ditadura argentina, segundo um dos próprios missionários. Em uma entrevista publicada em um site alemão, Franz Jalics garantiu que o sumo pontífice é inocente.

0 comentários