Advertising Console

    Polêmica sobre o papa e a ditadura argentina

    afp portugues

    por afp portugues

    799
    97 visualizações
    Um dos magistrados no julgamento pelo sequestro e tortura de dois padres jesuítas na Argentina durante a ditadura militar afirmou que o tribunal rejeitou, por considerar falsas, as acusações de que Jorge Bergoglio, o Papa Francisco, teria delatado os religiosos. Apesar disso, a polêmica continua no país.