Grafiteira trabalha em defesa das mulheres

Experimente nosso novo player
afp portugues
652
125 visualizações
  • Informações
  • Exportar
  • Adicionar a
Uma grafiteira carioca participa neste Dia Internacional da Mulher de uma mesa redonda sobre a violência doméstica na sede da ONU, em Nova York. O nome dela é Panmela Castro. Conhecida como Anarkia Boladona, a artista formada pela UFRJ já defendeu a luta pela igualdadeem mais de 20 cidades do mundo.

0 comentários