Obama volta a defender proibição a rifles

Experimente nosso novo player
afp portugues
650
11 visualizações
  • Informações
  • Exportar
  • Adicionar a
Depois do massacre na escola primária de Connecticut, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se comprometeu a agir rapidamente para mudar a legislação sobre armas de fogo. Nesta segunda-feira, quando a tragédia completa um mês, Obama voltou a falar em proibição de rifles de assalto.

0 comentários