Advertising Console

    Sem direito à defesa

    afp portugues

    por afp portugues

    841
    55 visualizações
    Mais de 100 pessoas estão no corredor da morte no Sudão do Sul, incluindo quatro mulheres. Mas grupos de direitos humanos denunciam que muitos condenados à forca nunca viram um advogado e que há chance de pessoas inocentes serem mortas, a menos que uma reforma penal aconteça urgententemente no país.