Em vídeo, escritora iraniana Azar Nafisi critica Lula

Experimente nosso novo player
Veja

por Veja

765
75 visualizações
  • Informações
  • Exportar
  • Adicionar a
A iraniana Azar Nafisi se tornou conhecida internacionalmente em 2004, quando seu livro Lendo Lolita em Teerã entrou para a lista dos mais vendidos do jornal The New York Times. A obra passaria 117 semanas na lista. Relato da experiência de Azar com sete alunas da universidade de Teerã, que reunia em sua casa para ler romances proibidos no país dos aiatolás, o livro é uma síntese da posição da escritora diante do regime islâmico que vem dominando o Irã nas últimas décadas. Azar é uma crítica severa da repressão no Irã e de seu comandante, Mahmoud Ahmadinejad. Na primeira parte dessa entrevista, em que ela fala de literatura e política, a escritora comenta o caso de Sakineh Ashtiani, a iraniana condenada à morte por apedrejamento por um suposto adultério. 

0 comentários