Advertising Console

    Irã relembra 25 anos da morte do aiatolá Khomeini

    afp portugues

    por afp portugues

    801
    21 visualizações
    Um quarto de século após a morte do fundador da República Islâmica, o aiatolá Ruhollah Khomeini, o Irã segue em uma encruzilhada, com uma economia debilitada, uma diplomacia isolada e muitas batalhas políticas internas. O guia espiritual e político iraniano morreu no dia 4 de junho de 1989, aos 89 anos.