Advertising Console

    Formação de Busca e Resgate em Montanha

    martelo79

    por martelo79

    50
    56 visualizações
    Decorreu na Zona Militar da Madeira (ZMM), no período de 15 a 24 de fevereiro de 2014, o 1º Curso de Operações de Busca e Resgate em Montanha, no âmbito do levantamento de uma capacidade permanente de Resgate em Montanha na ZMM, pioneira no Exército Português.
    As características de orografia extrema que se verifica na Ilha da Madeira, com áreas de montanha acima dos 1800m, caracterizada pela ocorrência de terreno irregular e de difícil acesso ditaram a necessidade de levar a cabo esta formação, destinada a dotar os Elementos da Componente Operacional do Sistema de Forças (ECOSF) da ZMM com a capacidade para conduzir operações nessa parte do território terrestre à sua responsabilidade, incluindo a capacidade de realizar resgates por terra, em baixa e média montanha.
    A realização do curso envolveu a colaboração de várias entidades, nomeadamente do Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC), com quem está prevista a continuação da colaboração, através da realização de uma formação em suporte básico de vida e de treino cruzado para aproximação de técnicas e procedimentos.
    Colaboraram ainda com a ZMM a Força Aérea Portuguesa que garantiu o transporte da equipa de formadores, o Parque Natural da Madeira que autorizou a realização do Exercício Final na região da Cova da Freira, Pico do Areeiro, e os Bombeiros Voluntários Madeirenses (BVM) que facilitaram a utilização da sua torre fixa de escalada e realizaram uma demonstração estática de capacidades, equipamentos e viaturas, da sua equipa de resgate em montanha.
    A formação foi ministrada a 15 formandos do Batalhão de Infantaria da Regimento de Guarnição Nº 3 (RG3), por uma Equipa de 04 formadores (01 Oficial, 01 Sargento e 02 Praças), do Centro de Tropas de Operações Especiais (Lamego).
    O curso decorreu nas instalações do RG3 e dos BVM, tendo culminado com a realização de um exercício final, com o objetivo de possibilitar a aplicação prática dos conhecimentos e competências adquiridos pelos formandos, na execução de uma operação de resgate de um sinistrado, na região do Pico do Areeiro (Cova das Freiras).