Advertising Console

    Chavistas, mas não “maduristas”

    afp portugues

    por afp portugues

    786
    26 visualizações
    Um ano após a morte de Hugo Chávez, muitos dos seus seguidores dizem manter apoio incondicional à "revolução bolivariana", mas admitem que seu sucessor, Nicolás Maduro, não tem o mesmo carisma para gerir os problemas sociais e econômicos.