Advertising Console

    Padrasto usou explosivos para se matar com a enteada em Goiás

    Blog do Marcelo

    por Blog do Marcelo

    234
    1 205 visualizações
    Laudo de peritos da Polícia Civil aponta que a provável causa da morte da estudante de enfermagem Loanne Rodrigues da Silva Costa, de 19 anos, e do padrasto Joaquim Lourenço da Luz, 47, tenha sido uma explosão de dinamite colocada entre os dois. “O corpo da menina foi dilacerado”, afirma o delegado que investiga o caso, Rodrigo Luiz Jayme. Segundo ele, a principal linha de investigação é que o padrasto tenha planejado as mortes.