Fifa não vai intervir sobre possível escravidão no Catar

afp portugues
552
59 visualizações
  • Informações
  • Exportar
  • Adicionar a
O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou nesta sexta-feira que a entidade não pode interferir sobre o direito trabalhista no Catar, sede da Copa do Mundo de 2022, depois que acusações de escravidão foram feitas no país. Blatter também não confirmou a data para realização da competição.

0 comentários