Irene Cupello Meinberg

Carioca,Atriz,bailarina, redatora publicitária e cineasta. Iniciou sua carreira na MPM Propaganda do Rio de Janeiro. Trabalhou como Redatora em várias agências destacando-se entre elas a VS Escala, Publicitá & Squire, Enio Mainardi Propaganda, Lara/Stalimir e Graciotti Comunicação. <br />Conquistou vários prêmios Colunistas, incluindo a "Indicação para o melhor anúncio do Ano", medalhas de prata no Colunistas Rio e Nacional e medalha de ouro no Colunistas São Paulo, em 1990, cliente IBOPE; um Grand Prix em 1989, cliente Fleischmann Royal. O projeto "O Agente da Saúde", cliente Ministério da Saúde, criado em 1989, recebeu em 1996 menção honrosa da UNICEF. <br />Seu primeiro longa metragem - Jonhy Love - escrito em 1983, foi dirigido por José Elias em 1984. Escreveu mais de 30 roteiros para documentários institucionais e dirigiu aproximadamente 36 vídeos institucionais. Em 1993 foi assistente de direção e mantenedora da direção do espetáculo musical "Charity Meu Amor" dirigido pelo diretor norte-americano Gene Foote (assistente de direção de Bob Fosse). <br />Principais contas atendidas: IBOPE, Ministério da Saúde, Souza Cruz, Fleischmann Royal, Citibank, Petrobrás, Banco de Boston, Brascan, Jonhson & Jonhson, Rhodia, Helena Rubinstein, BAB - Adm. De Apart-Hotéis, Banorte, Postos Itaipava, Telerj (ECO 92), Esplanada Shopping Center, Tabacow, Philips Telecomunicações, Rádio Bandeirantes, Sorveteria Sem Nome, Cica, João Fortes Engenharia, Vodka Orloff, Minasgás. Fez mestrado de cinema na Universidade Estácio de Sá, ministrou vários cursos livres, ligados a propaganda e cinema. Lançou, idealizou e dirigiu o primeiro programa de televisão comunitaria para a Estácio, chamado Cinema na TV. <br />Abriu uma pequena oficina de criação que chegou a ter 12 pequenas e médias contas, sendo a principal a Ferrauto. <br />Devido ao seu histórico familiar de Artrite Reumtoide, aos 40 anos, adoeceu, permaneceu cerca de 2 anos sem movimentos, muito religiosa, conseguiu se libertar da imobilidade e proseguiu com sua recuperação em cadeira de rodas, quando foi para Mnunich e conseguiu fazer um tratamento ainda experimental. Voltou visivelmente muito melhor, criadora de cães 7 raças, um banho e tosa e um hotel para cães, conseguiu ter um stand permanente na feira de animais de Teresópolis, aliás a única permanente do país. Por recomendação médica, foi obrigada a se desfazer do canil. Retornou a Europa, anda noralmente, dirige, não precisa mais de enfermeiras e quer apenas seguir vivendo. <br />Porque em nenhum momento desejou desistir da vida e agradece a todos que junto com ela venceram essa marartona. <br />Está de volta, quer rever seus amigos e trabalhar no que acharem que ela possa ser útil. No Orkut tem uma comunidade de esclrece dúvidas e ensina roteiros gratuitamente. Irene têm um cabedel de conhecimento nas artes em geral, propaganda, cinema, vídeo, computadores e fala 4 línguas. <br />E sua frase predileta é: <br />Decifra-me ou te devoro! <br /><br />