MARTINHO-DIAS

MARTINHO DIAS, <br /><br />martinho.arte@sapo.pt <br /><br />nasceu em 1968, em Trofa, onde reside e trabalha. <br />É licenciado em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, desde 1996. Frequenta actualmente o Mestrado em Pintura na mesma Faculdade. <br /><br />A complexidade e as múltiplas faces do mundo global são o meu principal fundamento. Seleccionando e manipulando imagens, sobretudo da imprensa e das revistas mais populares, procuro criar uma nova realidade sugerida, uma nova narrativa, aberta ao espectador. <br />Recorrendo ao realismo das figuras e à abstracção gestual, ao paradoxo, à contrariedade, ao criticismo ou à ironia, o que eu faço é desdobrar a realidade, individual e colectiva, que nos é comum, reconfigurando-a no plano da tela. <br /><br />Ao longo do meu percurso, enquanto pintor, tenho também desenvolvido vias de comunicação com diferentes culturas, bem como com outras áreas, particularmente a música e seus intervenientes. <br />Projectos como “Pinturas Escritas” e “Pangea” (vídeo actualmente em realização envolvendo entidades e cantoras de 26 países), deram-me o prazer da colaboração de Kepa Junkera, Pauline Oliveros, Peter Ablinger, Gianluigi Trovesi, Robert Rich, Eurico Carrapatoso, Amélia Muge ou António Victorino d’Almeida, entre muitos outros. <br /><br />EXPOSIÇÕES (selecção): <br /><br />2010 <br />- 10ª Feira Internacional ARTELisboa, pela Galeria António Prates, Lisboa; <br />- “8ª Bienal Internacional de Artes Plásticas da Marinha Grande”, pela Galeria <br /> António Prates, Lisboa; <br />- “Cem República”, exposição colectiva, Galeria António Prates, Lisboa; <br />- Colectiva de Pintura, Clube Militar de Macau, Galeria 57, Macau; <br />- Colectiva “HISTÓRIAS DO CINEMA II”, Biblioteca Municipal Rocha Peixoto, <br /> Póvoa de Varzim; <br />- “The Flag – Peace&Love on the Global Village”, projecto colectivo, Dinamarca; <br />- “Info-transformações”, colectiva de Pintura, Galeria 57, Leiria; <br />- Colectiva de Pintura, Galeria O Rastro, Figueira da Foz;